• DaebakSpace

Empoderamento Feminino Asiático

Como nesse último fim de semana aconteceu o Dia Internacional das mulheres (08/03), resolvi trazer para vocês dessa vez uma lista de recomendações das mais variadas formas de entretenimento asiático com empoderamento feminino, para mostrar que a Ásia sabe que precisa mudar, e está mudando, e quando se propõem a tal, consegue criar coisas, me arrisco a dizer, muitas vezes melhores do que produções ocidentais.

Então Vamos lá:


Mais um pouco de BlackPink porque bater 1 BILHÃO de visualizações não é pra qualquer um né....



Ok, agora vamos começar de verdade.....


Série:

Recentemente pude assistir na Netflix uma série Japonesa maravilhosa, extremamente bem produzida em todos os quesitos possíveis e com foco explicitamente de empoderar mulheres. Essa série incrível é a Seguidores (original: Followers).


A série é dirigida pela Mika Ninagawa, e conta a história de cinco personagens femininas extremamente bem construídas, fortes e diversas em suas idades, personalidades, profissões e formas de encarar a vida. Todas elas estão, do seu próprio jeito, lutando para aproveitar da melhor maneira e como querem suas vidas profissionais e pessoais, e a série mostra a árdua jornada impregnada de descriminação e obstáculos na vida dessas mulheres, não só na parte profissional mas como até escolhas da vida pessoal, que seriam normais para um homem acabam tendo um peso e uma cobrança muitas vezes maior, apenas por elas serem mulheres, porém, por termos mais de uma personagem principal, podemos ver uma delas começando essa jornada, algumas no meio dela, e outra já tendo superado tudo que tinha pra superar e mais um pouco e vivendo plena e empoderada. O elenco de coadjuvantes também é extremamente cativante e diverso, a série não é pesada, é cheia de momentos de alívio cômico, e os momentos de sufoco, são isso, momentos, que passam rápido e acabam inspirando e motivando quem assiste.

Toda a realidade das personagens da série gira em torno do mundo do entretenimento, então existem diversas participações especiais de celebridades japonesas, como o guitarrista e músico solo Myavi.

Os temas trabalhados pela série são o uso das redes sociais para visibilidade, e como ferramentas que promovem e abrem novos caminhos e formas de se realizar o que se quer, representatividade LGBTQ, reprodução e maternidade independente, e o prêmio "Mulher do Ano" da Billboard.

A série também mostra como a sociedade Japonesa está mudando amplamente, como as redes sociais impulsionam e agilizam esse processo e como os que escolhem permanecer no conservadorismo estão sendo confrontados.

Enfim, essa série é simplesmente imperdível para quem quiser se divertir, celebrar mulheres e empoderamento feminino.


Músicas:

Continuando nessa linha de produções do Japão, vou recomendar algumas músicas e artistas japonesas cheias de empoderamento feminino:


Para quem quiser a tradução da letra dessa música: https://www.jpopasia.com/shishidokavka/lyrics/202724/love-corrida/love-corrida-%E3%83%A9%E3%83%B4%E3%82%B3%E3%83%AA%E3%83%BC%E3%83%80/

Tradução da letra: https://www.letras.mus.br/scandal/freedom-fighters/traducao.html


Voltando agora pro nosso querido Kpop, existem diversas músicas que empoderam as mulheres, e que eu acredito que merecem mais divulgação, e elas são:

Esse clipe tem legenda da letra em português.


Filmes:

A China também tem feito seus esforços para trazer papéis femininos fortes para suas produções de entretenimento, alguns ótimos exemplos disso são os dois filmes: The Assassin (2015) e Shangai Fortress (2019).


The Assassin, é um drama forte, complexo e completo, mas em resumo conta a história de um mulher criada para matar, e que recebe a missão de exterminar o líder político da China no século 8, as escolhas e sacrifícios que tem que fazer, e as dificuldades de sua jornada sangrenta.


Shanghai Fortress, está disponível na Netflix, e é uma ficção científica com forte apelo emocional e cheia de ação que conta a história de uma China no futuro, aonde a única perspectiva da juventude é esperar sobreviver a constante guerra contra invasões alienígenas ao planeta, e o papel de general do time principal é feminino, além de outras personagens coadjuvantes que também lutam na linha de frente.


Mangás:

E para quem sente falta de ter literatura de qualidade com protagonismo feminino, eis aqui algumas indicações de mangás nessa linha.


Rose of Versailles


Esse mangá é sobre uma menina que por causa de seu pai que sempre quis ter um filho homem para lhe suceder na carreira militar, se vê obrigada a agir e ser criada como um homem.

A protagonista, Oscar, enfrenta diversos dilemas e dificuldades, uma vez que se importa em ajudar os mais pobres durante a revolução francesa e se vê conflitando entre sua vida militar e o desejo de viver uma vida mais comum. Além disso, a personagem principal tem interações com figuras históricas importantes como Maria Antonieta e André Grandier.



Akatsuki no Yona




Esse mangá é sobre Yona, uma princesa que vivia uma vida praticamente perfeita, com tudo que uma princesa poderia sonhar em ter, até que um homem pelo qual ela era apaixonada mata seu pai , para usurpar o trono. Yona e seu guarda-costas fogem e começam uma jornada, durante a qual, Yona se torna espadachim, e terá que lutar com as próprias mãos para ter sua vingança.







Animes:

Alguns animes muito bons com protagonismo feminino também, são:


XXX Holic

xxxHolic é um mangá da editora CLAMP, sobre um menino do ensino médio que tem poderes sobrenaturais que lhe permitem ver e interagir com espíritos, quando ele conhece, Yuko Ichihara, uma bruxa que é dona de uma loja que realiza desejos, ela lhe promete retirar o dom espiritual dele, se ele concordar em ser seu empregado na loja e ajudá-la no dia à dia. Os dois personagens tem personalidades completamente diferentes, e são um duo cômico e fofo, e Yuko é cheia de personalidade, poder e conhecimento.


Ashita no Nadja


Nadja é uma órfã que vive no orfanato de Applefield, no início da Inglaterra do século XX. Quando então, ela é chamada pela Srta. Appleton, a proprietária do orfanato, para receber um pacote entregue a ela. Os presentes que foram enviados para o seu décimo terceiro aniversário são um vestido e um diário.

Ela é informada na carta que acompanhava os presentes, que a sua mãe ainda está viva. Mais tarde, ela se junta à um circo itinerante chamado Dandelion Troupe, em busca de sua mãe depois que um incêndio ocorre em seu orfanato. Ela viaja pelo mundo, encontrando muitos amigos, a maioria sendo mulheres mais velhas, ao longo do caminho que ensinam à ela diversas coisas, e ela também aprende muito sobre si mesma, eventualmente descobrindo a verdade sobre sua mãe e seu próprio destino.


É isso pessoal, espero que gostem de todas essas indicações, que curtam muito e que sejam carregados com doses ultra fortes de Girl Power e Girl Crush.

Até o próximo artigo aqui no Blog, e não se esqueçam de curtir e compartilhar o artigo par que mais pessoas tenham acesso à essas obras primas ;)




13 visualizações

©2019 por Daebak Space. Orgulhosamente criado com Wix.com

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now